sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Chamadas do dia 26.09.2014

Classificados


Humor


Paróquia em Noticias


Edital de Proclamas


Culinária


Causos e Contos


Datas comemorativas


Curiosidade


Saúde


Evite perdas e desperdícios no negócio



Aquífero Guarani


Nosso Pequeno e Valente Gordini



Lição de Vida


Aumento de manequim indica risco mais alto de câncer, diz estudo



O Livro de Josué


Prefeitura de Dourado realizará concurso público


Procura-se um amigo


Início da Primavera


Profissão de gastrólogo está em análise pelo legislativo federal e ofício de cozinheiro deve regulamentado em restaurantes com nutricionista



70 anos de Osvaldo Opini



Leilão da Festa de Santana bateu recorde de arrecadação



Ideb de Trabiju supera notas estadual e nacional



Trabiju recebe máquinas e tecidos para a Escola da Moda



Trabiju recebe máquinas e tecidos para a Escola da Moda

 Fabricio e Carol Vanzelli com Lu Alckmin no Palácio do Governo.

 A primeira-dama de Trabiju, Carol Vanzelli

 Carol (ao centro) com funcionárias do FUSS de Trabiju

O FUSS de Trabiju já realiza cursos de Crochê entre outros
Fotos: Antonio L.Teixeira

No dia 28 de maio,o prefeito de Trabiju,  Fabrício Vanzelli,  acompanhado da primeira-dama e presidente do FUSS Carol Vanzelli esteve em São Paulo,  no Palácio do Governo assinando o convênio para a Escola da Moda. Pelo convênio, assinado com a primeira-dama e presidente do FUSS estadual, Lu Alckmin, Trabiju recebeu quatro máquinas de costura e uma quantidade de tecidos que serão utilizados no projeto.
O FUSS de Trabiju já realiza cursos de Crochê, Pintura, e Patchcolagem. Agora com a instalação da Escola da Moda os alunos também poderão contar com outros tipos de cursos que serão realizados em breve. Segundo informações da responsável pelo setor de corte e costura do FUSS de Trabiju, Maria Amaral,todo o material produzido pelos alunos será vendido e o valor arrecadado servirá para manter os projetos do próprio FUSS.
Para a primeira-dama Carol Vanzelli o trabalho que o FUSS vem desenvolvendo na cidade é de suma importância,pois além de oferecer cursos de capacitação para os moradores auxilia as famílias carentes. “Quero mais uma vez agradecer a primeira-dama do Estado, Lu Alckmin,pelo carinho que tem olhado para o nosso município e também a todos os voluntários e funcionários que tem me ajudado em todas as campanhas realizadas pelo FUSS. Quero dizer que sempre me colocarei a disposição das famílias carentes e de todos que de mim e do FUSS precisarem”, falou Carol Vanzelli.

Ideb de Trabiju supera notas estadual e nacional


Recentemente divulgados, os números do Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica), colocaram a EMEF “Alfredo Evangelista Nogueira” em posição de destaque no cenário educacional estadual e até nacional. O índice do Estado de São Paulo para o 5º ano foi de 6,1 enquanto a escola de Trabiju obteve nota 6,4. Em relação ao país, a situação de Trabiju é ainda melhor. Enquanto que o índice nacional para a mesma série do ensino fundamental ficou em 5,2 a “Evangelista” teve 6,4 de nota. A meta para 2021 é atingir no Brasil a nota 6,0 enquanto que a escola trabijuense já superou essa marca com sete anos de antecedência.
O diretor do Departamento Municipal de Educação de Trabiju, Luiz Carlos Pazzatto, está cumprimentando todos os professores da rede municipal, “pela dedicação e comprometimento com a educação” na cidade.
“A equipe escolar e o trabalho da coordenadora dos anos iniciais do Ensino Fundamental, Irís Fabiana dos Santos, junto aos professores,tem buscado melhorar a cada dia o processo de ensino em aprendizagem.Também melhoramos os índices em relação aos anos finais do Ensino Fundamental (9º ano A e B), graças ao trabalho da coordenadora,Giseli Schmidt Félix Colin, e dos professores”, diz Pazzatto..
Considerando que a Educação é um trabalho continuo e de longo prazo, Pazzato acrescentou que deve ser lembrado também o trabalho da ex-diretora de Educação, Andreia Aparecida Fazan, “pela contribuição à educação da Escola Alfredo Evangelista”.
Por fim, Pazzatto agradece ao apoio do prefeito Fabricio Vanzelli e dos vereadores. “O apoio do prefeito Fabricio e da Câmara tem sido de fundamental importância para realizações de novas conquistas em prol da Educação”, completou.

Leilão da Festa de Santana bateu recorde de arrecadação

 O prefeito Fabrício e o vice Marcão entregam a chave da moto para Waldomiro. 

 Muita gente participou dos festejos em homenagem a padroeira Santana


 O leilão de gado rendeu R$ 46 mil

O popular Zorro por mais um ano foi o leiloeiro oficial


 Os cupons para o sorteio da moto foram colocados em urna de vidro

 Os pagodeiros do Pura Juventude agitaram a moçada

O show dos sertanejos Fabio e Paulinho fechou a noite
Fotos: Antonio L.Teixeira

O ultimo final de semana da festa dos padroeiros Santana e São Benedito, da cidade de Trabiju,teve no sábado (20),  além da tradicional quermesse com muita comida e bebida, um grande show com a banda Paulo Cezar e os Garotos de Ouro. O grupo, que fez muito sucesso no final dos anos 80 e começo de 90,está de volta realizando shows por todo o Brasil. No domingo (21), o final da festa teve inicio por volta das 12h  com o tradicional leilão de gado que recebeu em doações do comércio, fazendeiros e devotos da Santa Padroeira,  29 bovinos, 47 caprinos, três suinos e diversas prendas que, ao final, renderam R$ 46.680,00 valor este que foi considerado recorde segundo os organizadores.
Por volta das 17h, após o final do leilão,teve show com o grupo jauense Pura Juventude,  que atacou de pagode,  fazendo o publico se mexer e viver momentos de alegria e descontração. A noite para fechar com chave de ouro os festejos, que começaram em 30 de agosto, foi a vez da dupla Fábio e Paulinho tocar os hits sertanejos raiz e da atualidade. Durante o show de Fabio e Paulinho foi realizado o tão esperado sorteio da Moto Honda 0 km, O ganhador foi o trabijuense Waldomiro Moreira da Silva Filho, de 37 anos, que tinha o cupom premiado com o nº 718. Feliz da vida, ele saiu do recinto pilotando a CG 125.
A Festa de Santana e São Benedito desse ano foi marcada pela visita da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida que veio diretamente do Santuário Nacional de Aparecida e permaneceu na cidade por nove dias.
Ao final da festa,o padre João Batista de Souza agradeceu a todos que de uma forma ou de outra colaboraram com os festejos deste ano. “Quero agradecer a todos que colaboraram com nossa festa e dizer que cada um fazendo a sua parte foram muito importantes para o sucesso da festa. A visita da imagem de Nossa Senhora também vai ficar marcada na lembrança de todos nós e, como disse anteriormente,  muita coisa boa vai acontecer na cidade daqui para a frente e tudo será pelo poder de Nossa Senhora com seu manto sagrado”, disse o pároco de Trabiju.
“A festa da Padroeira é um evento tão importante quanto o aniversário da cidade, pois traz muita gente para cá e que vem gastar no município trazendo recursos e ajudando os comerciantes da cidade. Também, no caso da festa da Padroeira,ajuda a paróquia a se manter durante todo o ano. Assim, sempre que for solicitado ajudarei na infraestrutura do evento e em tudo aquilo que estiver ao meu alcance”, falou o prefeito Fabrício Vanzelli.

70 anos de Osvaldo Opini

Seu Osvaldo com a esposa Denozir

Familiares vieram para cumprimentar o seu Osvaldo

O aniversariante com os netos

A boa música ficou a cargo de João Platino e Flor Morena

Os 70 anos de vida do “seu “Osvaldo Opini foram comemorados no domingo (21) com um delicioso almoço preparado pela família na edícula do Ferrão Moratelli, em Trabiju. Para a festa vieram a esposa, irmãos, filhos, netos e sobrinhos do aniversariante que moram em Trabiju, Ribeirão Bonito, São Carlos, São Manuel e Brotas.
O cardápio do almoço teve arroz temperado e branco, maionese, farofa, salada e churrasco de vaca, carneiro, frango e lingüiça. A boa música sertaneja e de raiz ficou a cargo de João Platino e Flor Morena.
No momento do parabéns “seu” Osvaldo ao lado da esposa Denozir recebeu homenagens de familiares e amigos que emocionaram a todos os presentes.

Profissão de gastrólogo está em análise pelo legislativo federal e ofício de cozinheiro deve regulamentado em restaurantes com nutricionista



Três projetos de lei tramitam na Câmara Legislativa Federal sobre a regulamentação do setor de alimentação com foco no turismo gastronômico nacional

Profissionais são contra projeto que regulamenta aprofissão de gastrólogo em análise na Câmara. Dentre as atribuições desse profissional constam além da preparação dos pratos e elaboração do cardápio, o cuidado com os alimentos, inclusive com seu processo de produção, o controle da limpeza do estabelecimento, o desenvolvimento de pesquisas sobre a gastronomia brasileira, a confecção do cardápio e a utilização dos instrumentos típicos de um banco de gastronomia (fatiador, balança, etc).A proposta visa promover uma imagem mais positiva do Brasil relacionada a qualidade, riqueza e diversidade da cozinha brasileira juntos aos turistas estrangeiros, o que justificaria regular a profissão de gastrólogo como forma de se preservar e promover os pratos tipicamente brasileiros.
Os profissionais do setor acreditam ser inócuo criar essa lei como uma nova profissão onde todas as funções já são exercidas pelos profissionais do mercado, sob a justificativa de que os grandes cozinheiros brasileiros e pelo mundo, não possuem curso superior. O parlamentares defendem que os chefs de cozinha vão continuar no mercado. Para ser um cozinheiro não necessariamente precisa ser um chef que se faz com 4 a 6 anos de prática na cozinha além de bacharelado na área com curso superior. Desde 2005 existe na Câmara um projeto de lei para regulamentação da profissão de cozinheiro e a certificação profissional como cozinheiro deve exigir experiência de pelo menos 3 anos com curso tecnólogo ou profissionalizante.
Existe uma hierarquia interna nas cozinhas onde o chef de cozinha e cozinheiro são carreiras diferentes, comemoradas nos dias 13 e 10 de maio, respectivamente. A base da pirâmide são os ajudantes de cozinha, sempre em maior número e responsáveis por manter a limpeza do local de trabalho dos cozinheiros, higienizar, picar e pesar os ingredientes. Em seguida, estão posicionados os cozinheiros, quem realmente trabalha na frente das panelas, com a preparação dos pratos e muitos jovens recém-formados em cursos de gastronomia começam a carreira nesta função. Os confeiteiros aparecem no mesmo patamar dos cozinheiros, a diferença é que se encarregam da preparação das sobremesas, doces e recheios. No ponto mais alto desta hierarquia está o chef responsável pela equipe e por gerir todos os empregados da cozinha. Existe ainda o subchef quem dá suporte ao chef. A função do sommelier é elaborar a carta de vinhos que acompanham os pratos do cardápio desenvolvido pelo chef. A tendência é que cada vez menos o mercado aceite pessoas que aprenderam a profissão de cozinheiro e chef de cozinha na prática, mesmo passando por todos os níveis de hierarquia da cozinha.
Outra proposta quer obrigar os restaurantes que servem mais de 50 pratos por dia a contratarem nutricionistas, onde somente poderão exercer o ofício, profissionais formados em curso superior de tecnologia ou bacharelado em gastronomia, em instituição reconhecida pelo Ministério da Educação.O projeto de lei que obriga a contratação de nutricionistas visa melhorar a qualidade da alimentação dos brasileiros, segundo o IBGE o índice de sobrepeso ou obesidade entre adultos acima de 20 anos é de dois brasileiros a cada três indivíduos acima do peso, decorrente da mudança de hábito das pessoas comerem na rua, quando trocam alimentos por lanches. Representantes do setor afirmam que não existe a curto prazo profissional suficiente para atender a demanda e que 95% dos estabelecimentos são pequenas empresas que não suportariam contratar nutricionistas.
“Diante de posições adversas, todas se complementam em relação a qualidade que se pretende oferecer para mediar o setor de alimentação a médio e longo prazo, considerando que todo benefício gera custos operacionais repassados diretamente ao consumidor”, comenta o publicitário Théo Bratfisch, conselheiro da AMITur – Associação dos Municípios de Interesse Cultural e Turístico e membro-fundador da Câmara Setorial de Turismo Rural do Estado de São Paulo

Início da Primavera

A estação das flores 
 A primavera é uma das quatro estações do ano. Ela ocorre após o inverno e antes do verão. No hemisfério sul, onde está localizado o Brasil, a primavera tem início em 23 de setembro e termina no dia 21 de dezembro.

É uma época em que ocorre o florescimento de várias espécies de plantas. Portanto, é um período em que a natureza fica bela, presenteando o ser humano com flores coloridas e perfumadas. A função deste florescimento é o início da época de reprodução de muitas espécies de árvores e plantas.
No tocante a astronomia, a primavera ocorre no equinócio de setembro (momento do ano em que o dia e a noite possuem a mesma duração, 12 horas cada). 
Já com relação a mudanças climáticas, é um período em que as temperaturas vão, aos poucos, aumentando. O mesmo ocorre com as águas do mar. As temperaturas, em grande parte dos países do hemisfério sul, ficam amenas.
Flores que se destacam na primavera: rosa, girassol, margaridinha, orquídea, jasmim, hortênsia, helicônia, alamanda, clívia, gérbera, hibisco, gazânia, jasmim-estrela, lágrima-de-cristo, boca-de-leão, crisântemo, frésia, estefânia, narciso, violeta, dedaleira, dama-da-noite.